Rotina de autocuidado: 10 ideias deliciosas para curtir você mesma

Muita gente confunde a rotina de autocuidado com práticas de estética. Entretanto, ela está relacionada diretamente aos hábitos de saúde. Aliás, hábitos que são capazes de impactar positivamente a qualidade de vida.

Quando você pratica uma rotina de autocuidado, percebe de maneira integral quem é, o que sente e como pode lidar com questões importantes na vida. Entende os sinais que o corpo envia e até consegue amenizar sintomas negativos.

Quer saber como? Dá uma olhada nessas 10 ideias deliciosas de rotina de autocuidado para curtir você mesma!

1. Entenda o que te proporciona bem-estar

Bem-estar é o estado de satisfação plena das exigências do corpo e da mente. É quando você está totalmente se sentindo plena.

A rotina de autocuidado permite cuidar de si, porém há tarefas que tomam grande parte do tempo, como acordar cedo, trabalhar e lidar com os assuntos e atividades da família. Reservar um tempo para si é, portanto, extremamente necessário.

O primeiro passo é encontrar atividades que te tragam prazer, proporcionando bem-estar. Se está sedentária, busque um exercício físico que tenha a ver com o seu estilo. Pode ser dança, yoga, boxe, crossfit, academia, pilates ou outro.

2. Saiba que uma rotina de autocuidado não é egoísmo

Algumas mulheres se sentem culpadas por dedicarem um tempo para si. O fato é que essa rotina em nada tem a ver com egoísmo, pois são conceitos diferentes.

Enquanto o egoísmo coloca interesses e opiniões em primeiro lugar, em detrimento do bem-estar dos que estão ao redor, a rotina de autocuidado é um zelo necessário com o seu corpo e a sua mente.

Ela requer, por exemplo, saber dizer “não”, sem o medo de ser vista como antipática e mal-educada. Quando você deixa de fazer algo por si para, por exemplo, fazer um favor que toma um tempo precioso que é seu, está deixando de se cuidar.

3. Faça terapia e saiba lidar com as suas questões

Você não precisa sair de casa para fazer terapia. Há inúmeras plataformas virtuais que te conectam aos profissionais.

Por meio delas, é possível escolher a linha terapêutica ideal, que pode ser tradicional ou alternativa. É importante fazer terapia, pois possibilita autoconhecimento, solução de conflitos e considerável melhora na saúde mental.

As conversas e abordagens que acontecem durante as sessões são fundamentais para entender, por exemplo, quais pontos do passado influenciam na sua personalidade hoje.

4. Coloque a vitamina D em dia

Continuando a rotina de autocuidado, separe alguns minutinhos para pegar sol. A exposição à luz solar traz diversos benefícios para a saúde, pois é um estímulo natural à produção de vitamina D.

Aproveite qualquer frestinha de sol em casa para aquecer o corpo e a alma

Essa vitamina estimula ainda a produção melanina, previne doenças e aumenta a sensação de bem-estar. 15 a 30 minutos diários são mais que suficientes.

Aproveite o começo do dia e o final da tarde, pois são horários que a incidência de luz solar está mais amena. Além disso, passe protetor na pele.

5. Faça uma playlist com as suas músicas favoritas

Ouvir música não é só uma atividade de entretenimento. Trata-se de algo que acalma e relaxa, trazendo benefícios para a saúde.

A música funciona ainda como “remédio”. É o que disse a musicoterapeuta Marly Chagas, em entrevista ao Bem Estar, programa da TV Globo.

Segundo a musicoterapeuta, a música ative o centro de prazer do cérebro, assim como ocorre no sexo ou no consumo de um chocolate. Além disso, ela induz ao movimento, melhora a comunicação, cria vínculos e fortalece a memória.

Sendo assim, prepare uma playlist com as suas canções favoritas. Ou baixe alguma pronta, para descobrir as novidades que estão tocando no momento.

6. Aproveite para ler um livro

Outra atividade para pôr na sua rotina de autocuidado é a leitura, pois estimula o raciocínio, aprimora a capacidade interpretativa, melhora o vocabulário e proporciona um conhecimento amplo e diversificado sobre muitos assuntos.

Ler envolve o desenvolvimento de habilidades como a comunicação, imaginação, criatividade e o senso crítico, além da escrita.

Livro aberto em cima do sofá com uma xícara ao lado.

A leitura de um livro nos transporta para outra realidade, na qual imaginamos as feições de cada personagem e as cenas descritas. Essa atividade proporciona um bem-estar sem igual.

7. Aprenda algo que sempre desejou

Estudar também é uma atividade que pode fazer parte da rotina de autocuidado. É fundamental para o crescimento pessoal e profissional, pois contribui para superar medos e ter autoconfiança.

Quem estuda cultiva novas habilidades. Na atualidade, é bem mais fácil aprender, pois temos à disposição a Internet e incontáveis recursos, como podcasts, livros online e cursos virtuais.

Além disso, os estudos, mesmo que online, te aproximam de outras pessoas por meio dos grupos de discussão e trabalhos em equipe.

8. Tenha um hobby

Esse é o momento para aprender a fotografar melhor, saber costurar, ver as técnicas daquela receita difícil, cultivar uma horta ou consertar o carro.

Você é livre para encontrar bem-estar da maneira que quiser, mas encontra nos hobbies os resultados que deixam o seu dia completo. Eles têm a ver com autorrealização.

9. Tire um dia para cuidar da pele, unhas e cabelo

Parece bobagem, mas não é. A aparência revela muito sobre nós. Uma boa rotina de autocuidado também envolve aqueles minutos para esfoliar a pele, pintar as unhas e hidratar o cabelo.

Depois de cuidar do seu corpo, que é um verdadeiro templo, você se sentirá bem tanto por fora quanto por dentro. Esse é o tipo de rotina que deve ser adotada com prazer, pois traz efeitos a curto, médio e longo prazo.

10. Fique em silêncio e tente meditar

Smartphone, tablet, computador… Eles e outros meios que produzem estímulos sonoros e visuais criam esse tempo de superconexão. Os sentidos ficam aguçados e a mente simplesmente não para.

Isso fez com que as pessoas, de modo geral, desaprendessem a lidar com o silêncio. É raro encontrar alguém que consegue deixar o celular de lado enquanto almoça ou conversa durante um café.

Experimente ficar em silêncio, sem ter medo dele e associá-lo à solidão. Tente ainda meditar, conectando a si e, dessa maneira, afinando o instrumento que leva ao autoconhecimento.

Gostou dessa rotina de autocuidado? A dica é não praticar todas ao mesmo tempo e sim começar pelas atividades que mais têm a ver com o seu estilo de vida.

Você encontra outros artigos como este na editoria Sempre com Você, aqui do blog Bigben.

Leia Também