Joias infantis: conheça e se encante com a coleção BB Kids!

A singularidade por trás das joias infantis revela muito sobre as tradições culturais e familiares que envolvem a criança que, já nos primeiros anos de vida, surge na sociedade exibindo delicados brincos, pulseiras, anéis e colares.

Ao contrário do que algumas pessoas podem pensar, presentear uma vida que acaba de chegar ao mundo com uma joia não sinônimo de exibicionismo ou “gasto desnecessário”.

Uma joia, seja para quem for e na idade que for, é sempre um investimento. Além disso, ofertar uma criança com ouro — seja ele branco, amarelo ou rosé — ou prata simboliza o quão valioso, esperado, querido e amado aquele pequeno ser humano é.

Pensando assim, a Big Ben Joalheria apresenta a coleção BB Kids, com joias criadas especialmente para simbolizarem cada fase da vida de uma criança. Peças delicadas, leves, divertidas e cheias de cor.

Vamos conhecer um pouco mais de perto o catálogo BB Kids e descobrir como escolher as joias infantis perfeitas para crianças de todas as idades.

Joias infantis: conheça e se encante com a coleção BB Kids

Joias infantis

A Coleção BB Kids é um verdadeiro encanto para aqueles que amam joias. Acessórios que exploram todo o universo infantil com delicadeza, estilo e bom gosto.

Anéis, brincos, pulseiras e colares para todas as idades e fases da infância. Para as mocinhas que estão quase entrando na pré-adolescência, joias com laços, corações, libélulas, borboletas e estrelas.

Já para as menores, muita cor e diversão com unicórnios, joaninhas, abelhas e muito mais. Tudo feito para adultos e crianças se apaixonarem.

Mas, afinal, você sabe quando presentear uma criança com uma joia?

Bom, a resposta correta é: desde o nascimento. Sim, as joias infantis são presentes de celebração pela vida, então, no nascimento é comum dar pulseiras e brincos aos bebês. O mesmo vale para batizados — ouro e pérola são os mais indicados nesses dois casos.

No primeiro aninho, as cores e pedras já podem entrar. Explore a beleza de acessórios com zircônias e, claro, o inigualável diamante.

A partir dos dois anos, pulseiras e brincos com pingentes podem ser escolhidos. Aqui, peças lúdicas e coloridas combinam muito bem com a idade, energia e vigor dos pequenos.

Como escolher joias para meninos e meninas

Sabemos que o universo de joalheria feminino é muito mais amplo, mas isso não significa que os meninos não podem ser presenteados com belas joias criadas e pensadas especialmente para eles.

Para os gatinhos de plantão, anéis de chapinha, juntamente a pulseiras com placas — ambos podendo conter a gravação do nome da criança — e correntes com medalhas são verdadeiros clássicos. Nunca saem de moda.

As meninas, por outro lado, têm à sua disposição tudo e mais um pouco: anéis, colares, pulseiras, pingentes diversos, brincos e tornozeleiras.

Para cada fase da vida da criança é indicado um tipo de joia. Essa indicação etária ocorre para evitar que os pequenos se machuquem com os acessórios durante uma brincadeira ou uma soneca.

Vamos aprender a escolher a joia certa para cada idade!

0 a 2 anos

Joias infantis

As joias infantis mais indicadas para a fase bebê da criança são os brincos e as pulseiras. É comum muitas meninas já saírem do hospital com brinquinhos nas orelhas. Escolha por modelos de bolinha em ouro ou pérola. São delicados, discretos e clássicos.

As pulseiras de chapinha podem ser usadas por meninos e meninas, alguns modelos trazem um pequeno brilhante ou um relevo em ouro branco. Pequenos pingentes também podem ser usados.

2 a 5 anos

Joias infantis

Nessa fase as meninas já podem trocar os brincos menores e fixos ao lóbulo da orelha por pequenas argolas ou brincos com pingentes.

A pulseiras também podem trazer pedras, medalhas e pingentes. Entre 4 e 5 anos, também já é indicado o uso de anéis em meninas e meninos. Mas é preciso ficar atento e ensinar a criança a não os remover das mãos.

5 a 9+ anos

Joias infantis

A partir dos cinco anos, todas as joias já estão liberadas para uso, inclusivos os colares e gargantilhas. Com pingentes avulsos ou fixos. O ideal é que a corrente não passe dos 35cm de comprimento.

Procure combinar as peças ou mesmo usar conjuntos de brincos e colar, por exemplo. A partir dos 9 anos, os relógios também já podem fazer parte do look de meninas e meninos. Evite apenas o excesso de acessórios de uma só vez.

Crianças são muito propensas a apresentarem alergias, assaduras e brotoejas, afinal, a pele delas é mais sensível e delicada. Por isso, atente-se a sempre comprar joias a partir 18K. Assim, você garantirá um acessório com toda a pureza do metal, evitando reações alérgicas no seu pequeno.

Joias infantis: quais os cuidados na hora de usar e cuidar?

Seguir as orientações etárias na hora de escolher joias infantis é importante, tanto para que o acessório não fique desconexo com a criança como para evitar perdas, danos e até mesmo que os pequenos se machuquem ao usá-las.

Criança precisa de liberdade para crescer, brincar, explorar o mundo e se desenvolver da melhor maneira possível. Logo, o ideal é que algumas joias sejam usadas apenas durante eventos ou para sair.

Joias infantis

Vamos a algumas dicas preciosas para garantir que as joias de infância seguirão em perfeito estado por toda a vida do seu filho.

  • Nunca compre joias grandes demais: comprar um brinco, anel ou pulseira em tamanho maior facilitará que a criança a perca durante as brincadeiras;
  • Fique atento ao crescimento do seu filho: brincos e pulseiras para bebês, às vezes, precisam de ajustes ou substitutos conforme a criança vai crescendo;
  • Sempre após o uso limpe a joia com uma flanela macia e guarde-a em um porta-joias para garantir seu brilho e beleza;
  • Não use colares em crianças menores de 5 anos, pois podem causar asfixia durante uma brincadeira ou o sono;
  • Ensine a criança a só retirar as joias em casa e sempre entregá-las a você. Isso evita que os pequenos as percam;
  • Confira sempre se os fechos, pedras e argolas dos pingentes estão em perfeito estado, para evitar perdas ou rupturas;
  • Para os pequenos que fazem esportes, é indicado remover os acessórios durante a atividade esportiva.

Joias infantis podem passar de geração em geração. Repletas de memórias afetivas que cercam uma das melhores fases da vida de uma pessoa.

Além disso, mesmo depois de adolescente ou adulto, é possível usar uma joia de infância. Um anel pode virar um pingente junto a uma clássica corrente veneziana. Já uma pulseira pode ganhar um extensor, por exemplo.

A coleção BB Kids traz todo o universo lúdico da infância através de joias atemporais, coloridas, delicadas e contemporâneas. Acessórios que combinam com crianças de todas as idades. Simplesmente irresistíveis.

Que tal conhecer essa coleção encantadora em nosso site? Confira agora mesmo o catálogo completo! Ah, e para mais dicas e conteúdos como esse não esqueça de conferir nossos outros artigos aqui no blog!

Leia Também