Colorimetria: descubra uma cor para chamar de sua!

Você já percebeu que algumas cores de roupa te deixam ainda mais bonita? E que alguns tons te deixam mais “apagadinha”? Tem explicação: é a colorimetria. 

Quem quer brilhar no tapete vermelho do Oscar ou conseguir muitos likes no Instagram, deve conhecer melhor essa ciência: a colorimetria analisa detalhes como matiz, saturação e intensidade para garantir que nenhum look passe despercebido. 

Essa técnica, no entanto, é útil para todos nós, afinal quem não quer receber elogios e comprar as peças certas para dar um up no visual?  

Se você está se perguntado: como eu descubro qual cor usar de acordo com meu tipo de pele? Fique tranquila! A seguir, vamos explicar tudinho para você! 

O que é colorimetria? 

colorimetria

Essas combinações foram pesquisadas e separadas em diferentes categorias. Ao seguir esse guia, você vai descobrir com quais cores montar o seu guarda-roupa para ficar sempre bonita e elegante. 

Diversas cores são postas na sua pele, para compreender de que forma seu corpo reage a cada uma delas. Não como uma alergia, longe disso. Mas em reflexos, realçes e combinações.

Como é a divisão de cores? 

cores

A divisão de cores é inspirada nas estações do ano e se relaciona com a tonalidade da pele. São três tipos: quente, fria e neutra: 

Tonalidade da pele 

Tonalidade quente: de cor clara ou escura, remete aos dias ensolados de verão. Exibe tons que variam do dourado ao amarelo. 

Tonalidade fria: de cor clara ou escura, lembra os fim de tarde e os dias frios de inverno. Exibe tons que vão do azul ao verde-oliva. Já a pele pálida varia entre o roxo e o rosa bem claro, passando pelo azul.  

Neutra: de cor clara ou escura, que não se bronzeiam facilmente. 

Divisão por estações 

Se o seu tom de pele é frio, você pertence à família do verão ou do inverno. Se for quente, você tem cores de primavera ou outono. 

cores

Verão 

Quem se enquadra nessa estação tem pele fria. Quais cores combinar? Prefira tons suaves e sutis como o cor-de-rosa e o nude. 

Esses tons ficarão bem em vestidos de cortes geométricos ou em peças mais comportadas como os da Kate Middleton. Pérolas, brincos delicados e longos colares com pingentes ousados são as melhores joias para quem está nessa categoria. 

Outono 

Já quem se engloba nessa estação tem pele quente e se ilumina com tons terrosos. Pense em vermelho escarlate, rosa fúcsia e roxo profundo. 

Além disso, pode usar verdes suaves e algumas tonalidades mais vibrantes como o pêssego e o salmão. Também pode apostar em joias com pedras como rubis e ametistas. Por outro lado, deve evitar tons pastéis suaves e tons de amarelo ou laranja, incluindo marrom enferrujado e vermelho tijolo. 

Quantos as joias, prefira peças delicadas

Inverno 

Como você deve ter imaginado, quem se classifica como inverno tem pela fria, por isso deve apostar em peças escuras e cheias de brilho, como vestidos e casacos de paetê.  

Esses tipos também possam usar laranjas polidas e roxos profundos, pois ficarão fabulosos. Esses tons ficarão ótimos em blazers ou em macacões. Qual joia usar? Gargantilhas e grandes brincos de diamante te deixarão ainda mais radiante. 

Primavera 

Nessa estação estão as pessoas de pele quente, que devem usar peças de roupas com cores vibrantes como laranja, amarelo e dourado. Tecidos leves e fluidos deixarão o visual ainda mais bonito. Já quando o assunto é joias, prefira grandes colares e brincos cheios de cores e brilhos. 

Além das divisões por estações, a colorimetria também estabelece uma escala de subtons. Para determiná-los, é importante analisar detalhes como a cor das veias, da hemoglobina e do caroteno, pigmento orgânico pertencente ao grupo dos carotenoides. 

Quer uma dica de como fazer isso? Você consegue ver suas veias sob a pela? Elas são azuis ou verdes? A primeira cor indica que você tem um tom de pele frio, já a segunda indica que o seu tom é quente. 

Quando se trata de itens essenciais para o guarda-roupa, se você optar por peças pretos e brancas se tiver pele quente. Se for fria, dê preferência por marfim e tons de marrom, pois esses tons de deixarão mais elegante. 

Como vivemos em um país muito miscigenado, pode ser difícil descobrir qual é, exatamente, a seu tonalidade de pele. Por isso, para garantir que você escolha as cores que te deixem mais bonita, o ideal é consultar um especialista no assunto. 

Como descobrir a paleta de cores ideal? 

cores

Alguns testes de cor e imagem permitem descobrir qual é a sua paleta de cores. Sabe quando você entra em uma loja e experimenta várias peças de cores, brilhos e texturas diferentes? Algumas peças ficam lindas e outras não ficam tão bem assim, certo? 

A colorimetria funciona mais ou menos assim. Só que nesse estudo, a cor do seu cabelo, assim como as dos acessórios que você está usando serão descartados, assim fica mais fácil descobrir qual o tom e o sobretom da sua pele. 

Depois de descobrir sua paleta de cores, você poderá mudar a cor do seu cabelo e apostar em maquiagens que te deixarão mais atraente. Claro, também poderá investir em peças de roupa que destacarão a sua beleza natural.  

Ao usar as cores certas, você iluminará seu rosto, esconderá imperfeições e destacará seus traços. Por outro lado, a cor errada dá um aspecto cansado e ressalta imperfeiçoes e olheiras. Além disso, pode chamar atenção para pequenas marcas de expressão que são pouco visíveis. 

E quais joias escolher? As joias de prata ou de ouro rosa tendem a ficar melhor em tons de pele frios, enquanto as de ouro tendem a embelezar quem tem pele quente.  

Agora que você já sabe o que é colorimetria, que tal descobrir como dar destaque a sua fé com as joias religiosas? 

Leia Também